Anais do VI Congresso de Letras: Linguagem e Cultura: Múltiplos Olhares, 2007

MEMÓRIA E IDENTIDADE EM ANÍBAL MACHADO

Abigail Guedes Magalhães

Resumo


Com esse trabalho pretende-se fazer uma leitura do conto, O Piano, de Aníbal Machado, buscando-se apreender em sua narrativa a ideologia que se dissemina no texto. Seu enfoque volta-se também para os estados de frustração que desencadeiam a crise de identidade da personagem, conduzindo o leitor a tecer reflexões sobre as questões existenciais, interligando passado e presente por meio da memória.

Texto Completo: PDF