Revista de Ciências, Vol. 8, No 2 (2017)

Morfometria da microbacia do Córrego Feijoal - Ubaporanga/MG

José Henrique Cruz Ferreira, Maíra Bárbara Souza Ramos, Priscila Rezende da Silva, Eliane Rodrigues de Paula Teza, Patrícia Sousa Camilo, Kleber Ramon Rodrigues

Resumo


A caracterização morfométrica de uma bacia hidrográfica é um dos
primeiros métodos a serem executado em análises ambientais, consistindo no levantamento de dados que servem como parâmetros
para cálculos dos dados descritivos da bacia em análise. O objetivo
deste trabalho é descrever e analisar as condições morfométricas da microbacia do Córrego Feijoal, localizado no Município de Ubaporanga, MG, tendo como base parâmetros morfométricos obtidos através da carta topográfica Folha Caratinga (SE-23-Z-DVI; MI-2538 – 1980). Utilizando
do AutoCAD 2015 (versão para estudantes) foram levantados os subsídios para os cálculos necessários para esta caracterização. A bacia analisada apresenta um relevo forte ondulado, índice de bifurcação de 3,75 e grau de ramificação de 3ª ordem tendo o curso principal 5,8 km de extensão em uma área de 10,9 km² com 15,9 km de perímetro não apresentado forma arredondada, sendo assim, menos suscetível a enchentes. Com os dados apresentado e outros desenvolvidos no decorrer do artigo, foi possível entender a dinâmica ambiental dentro de um sistema complexo que é uma bacia hidrográfica.

Texto Completo: PDF