Revista de Ciências, Vol. 5, No 2 (2014)

Queixas mais prevalentes no presídio de Caratinga - MG

Norma Nágime de Almeida, Ana Cristina Mendes Aquino, Juliana Costa Portugal, Mônica Irani Gouvêia, Igor de Oliveira Claber Siqueira

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo geral identificar as queixas mais prevalentes no presídio de Caratinga MG no período de outubro de 2012 a agosto de 2013. Foi realizado um estudo retrospectivo, transversal e quantitativo. Para coleta dos dados foi utilizado o registro semanal do
atendimento ambulatorial feito pelo médico assistente. Ao todo, foram realizados 445 atendimentos com as mais variadas queixas sendo as mais prevalentes, a Insônia, ocupando 17,5%, seguida de Infecções das Vias Aéreas Superiores, com 9,8% e Ansiedade com 9,5%. Diante do estudo realizado buscamos reforçar a importância de adoção políticas que
promovam a recuperação do detento no convívio social tendo por ferramenta básica a Lei de Execução Penal e seus dois eixos: punir e ressocializar.

Texto Completo: PDF