Revista de Ciências, Vol. 7, No 2 (2016)

Leishmaniose Visceral: um relato de caso pediátrico

Ana Mirella Muniz Barbosa, Karla Thayse Mendes Soares, Lara Dias Gardoni, Letticia Selles Nacife dos Reis, Luis Paulo Silva Chagas, Thais Manhães Feres, Vanessa Loures Rossinol, Raquel Xavier Ligeiro Dias

Resumo


A Leishmaniose Visceral (LV) é uma enfermidade infecciosa, crônica e sistêmica. Possui relevância crescente no contexto da Saúde Pública, principalmente devido ao seu alto potencial de letalidade, a sua ampla expansão geográfica e à mudança do caráter rural para urbano. O presente trabalho traz o relato da evolução clínica de um paciente pediátrico atendido no Centro de Assistência a Saúde da UNEC (CASU),
diagnosticado com LV. O tipo de pesquisa utilizada é a descritiva, através de um relato de caso e, para este fim, foi utilizado o prontuário
médico do sujeito da pesquisa, pertencente ao CASU. O paciente apresentou um quadro clínico caracterizado por episódios febris, pancitopenia, hepatoesplenomegalia, amigdalite, otite e bronquite em diferentes ocasiões. Apesar do seu alto potencial letal as estratégias de controle mostram-se insuficientes. Faz-se necessário valorizar o desenvolvimento científico, como estratégia fundamental no controle da
LV. Espera-se que este trabalho venha auxiliar no reconhecimento de pacientes acometidos pela LV e, por conseguinte, reduzir o número de óbitos por diagnósticos tardios.

Texto Completo: PDF