Revista de Ciências, Vol. 7, No 1 (2016)

Aves como potenciais dispersoras de sementes de Euterpe edulis (Arecaceae) em um fragmento de Mata Atlântica em Piedade de Caratinga, Minas Gerais

Reinaldo Soares Cazassa, Alisson Pereira, Emanuel Teixeira da Silva, Ronny Francisco de Souza

Resumo


A palmeira Juçara (Euterpe edulis) é uma espécie endêmica da Mata Atlântica, e um dos produtos não madeiráveis mais explorados desse bioma. Seu amplo período de frutificação, que ocorre de maio a novembro, contribui para a dieta de muitos animais, sendo essa espécie um recurso chave para diversas aves da Mata Atlântica. As aves desempenham um importante papel na dispersão de sementes, devido à sua capacidade de deslocamento, ocupação de diversas áreas, e frequência no uso de frutos em sua alimentação. O presente trabalho
buscou identificar e quantificar as espécies de aves que utilizam os frutos de E. edulis em sua dieta e o comportamento alimentar das
mesmas, em Piedade de Caratinga, Minas Gerais. Os dados foram
coletados seguindo o método de registro focal. Foram observadas
46 visitas em dois indivíduos de E. edulis, em 11 dias não consecutivos
de registro, totalizando 42 horas de campo. Foram registradas seis espécies de aves: Pteroglossus aracari (Ramphastidae), Turdus flavipes, T. leucomelas, T. rufiventris (Turdidae), Trogon viridis (Trogonidae) e Penelope obscura (Cracidae). O tempo de visita das aves foi de 63 minutos e 31 segundos e 103 frutos foram consumidos. Apresentando maior número de visitas e consumo de frutos, a espécie Turdus flavipes
foi considerada a principal dispersora de sementes de E. edulis no fragmento florestal.

Texto Completo: PDF