Revista de Ciências, Vol. 5, No 3 (2014)

AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE EXERCÍCIO AERÓBICO E CONTROLE RESPIRATÓRIO PARA PACIENTES HIPERTENSOS PRIMÁRIOS

Wanderson Fagner Gomes, Juliana Carvalho Reis, Juscélio Clemente de Abreu

Resumo


O exercício físico tem sido apontado como uma das principais medidas não farmacológicas para controle da hipertensão arterial. Nesse contexto um programa de exercício físico regular exerce efeito protetor sobre o sistema cardiovascular, e reduz risco de complicações pela hipertensão. Objetivo: Avaliar a influência de um programa de exercício aeróbico e controle respiratório sobre a pressão arterial e risco cardiovascular de hipertensos primários. Método: Foi composta uma amostra de 16 indivíduos, com média de idade entre 52 e 78 anos, de ambos os sexos, hipertensos primários, com níveis pressóricos controlados. As variáveis avaliadas foram pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica e risco cardiovascular. Constituindo um grupo experimental, os participantes foram inseridos em um programa de exercício aeróbico e controle da respiração durante 9 semanas. Resultados: Foi demonstrada redução significativa do nível pressórico sistólico de 123.59 mmHg para 117.92 mmHg (p < 0.0001), sem redução significativa do nível pressórico diastólico, e observadas reduções importantes do risco cardiovascular entre os hipertensos. Conclusão: A caminhada e o controle da respiração mostraram ser um método eficaz na redução da pressão arterial sistólica e do risco cardiovascular, mesmo sem acompanhamento do nível pressórico diastólico.

Texto Completo: PDF