Revista e-saúdecasu, Vol. 2, No 1 (2017)

Paciente diagnosticado com osteossarcoma de fêmur - relato de caso

Aline Taveira Mayrink, Ana Letícia Alves Barbosa, Jackline Santos Dias, Luana Matos Santos, Suellen Alves Moreira, Tiago Campos Ferreira Rocha, Paulo Cesar Tostes

Resumo


O osteossarcoma de fêmur é uma neoplasia maligna que tem origem a partir de células primitivas mesenquimais responsáveis pela formação de tecido ósseo. A maior incidência de osteossarcoma encontra-se principalmente na infância ou adolescência, porém pode apresentar um segundo pico nos adultos na faixa de 40 a 50 anos. Os ossos longos como o fêmur é o local de preferência do osteossarcoma. O quadro clínico apresentado por esses pacientes acometidos pela moléstia são a dor, rubor, edema que podem se intensificar no período noturno ou após atividades físicas intensas. Os exames de imagens incluem radiografia de tórax e do local acometido, tomografia computadorizada (TC) de tórax e do local acometido, ressonância nuclear magnética (RNM) do membro acometido, cintilografia óssea com tecnécio, ecocardiograma (ECG) e audiometria. O tratamento atual utiliza a poliquimioterapia (PQT) e a amputação, ou até mesmo, se possível, a cirurgia como prevenção do membro afetado. O presente estudo trata-se de um relato de caso clínico, no qual o paciente foi diagnosticado com osteossarcoma de fêmur, que culminou na metástase para o pulmão. O objetivo desse estudo é abordar os aspectos do diagnóstico, tratamento, etiologia, sinais e sintomas, além de oferecer informações acerca destes aos profissionais da área da saúde.

Texto Completo: PDF