Revista e-saúdecasu, Vol. 2, No 1 (2017)

Avaliação do estado nutricional de escolares e composição calórica da merenda escolar ofertada pelo município de Caputira/MG

Ana Luiza Carvalho Silva, Lamara Laguardia Valente Rocha, Sávia Franklin Mansur

Resumo


Objetivo: O presente estudo propõe avaliar o estado nutricional de escolares e a composição calórica da merenda escolar ofertada pelo município de Caputira, (M.G). Sabe-se que a alimentação escolar desempenha papel primordial, em especial a faixa etária de 6 a 10 anos, sendo este o período no qual o metabolismo da criança é mais intenso, podendo a alimentação influenciar no seu estado nutricional. Métodos: O estado nutricional foi avaliado por meio do índice de massa corporal (IMC/ Índice de Quetelet) e o consumo da alimentação escolar foi analisado por meio da pesagem direta dos alimentos e comparado às recomendações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), em relação ao valor energético. A amostra foi constituída por 218 crianças entre 6 a 10 anos de idade, de ambos os sexos, sendo 51% do gênero masculino e 49% do gênero feminino. Resultados: Foi constatada a emblemática presença do estado nutricional de magreza, com percentuais elevados, sendo 31 % e 39%, para ambos os gêneros respectivamente, situação que, demonstrou percentuais elevados quando comparados à média nacional. E em relação ao estado nutricional obesidade e obesidade grave, 17% e 10% para meninas e meninos respectivamente e 17% e 4%, para meninos e meninas. Conclusão: Já no que tange a alimentação escolar, em relação à composição energética da merenda e o consumo de frutas, verduras e legumes, o CEI e EFD não apresentaram diferenças significativas, todos os valores foram inferiores ao preconizado pelo PNAE.

Texto Completo: PDF