Revista e-saúdecasu, Vol. 1, No 1 (2017)

A visão sistêmica da unidade hospitalar

Neire Cristina Carvalho Rodrigues, Bruno Silva Barbosa, Antônio Carlos Victor Amaral

Resumo


Pelo fato de ao longo dos anos, diferentes planos de gerenciamento hospitalar, terem sido implantados, por diversos tipos de administradores, instituições da área da saúde têm sofrido financeiramente. A capacitação de gestores encontra-se deficiente, sendo disponibilizada em cursos de graduação ou, isoladamente, com especialização em gestão de grandes empresas, a implantação de modernos sistemas computadorizados é essencial para o controle da entrada e saída de medicamentos, quantificação de custos, quantidade de funcionários, funções básicas de uma instituição de saúde, entre outras múltiplas ações realizadas em um hospital. O administrador precisa se propor a agir, sobre princípios éticos, obedecendo as normas impostas pelos planos de gestão, visando trabalhar em comum acordo com os médicos e demais funcionários, visando exercer múltiplas funções, equilibrando custos e valores evidenciando a maior importância que é a vida do paciente em primeiro lugar. Ludwig Von Bertalanffy (1901-1972) ressalta que esta é uma área que mais se necessita de informações para tomada de decisão, por isso a implicação de novas tecnologias inseridas nesse cenário é indiscutivelmente importante.

Texto Completo: PDF